Ditados Populares


Ditados Populares
Quando a sorte chega à sua casa, ofereça-lhe uma poltrona.

Enquanto não tiveres conhecido o inferno, o paraíso não será bastante bom para ti.

O vencedor não é aquele que corre atrás de seu objetivo, e sim aquele que corre na frente. Quem corre atrás é o segundo colocado.


Começar já é metade de toda ação.

O pavão de hoje é o espanador de amanhã.

Quem compra o que não pode, vende o que não deve.

A natureza criou os prazeres. Os homens, o excesso deles.

A inveja só consegue roer seu próprio coração.

Às vezes, beleza demais é defeito.

Sejam como são ou deixem de ser.

Espere o melhor, prepare-se para o pior, receba o que vier.

Você não pode impedir que os pássaros da tristeza voem sobre sua cabeça, mas pode, sim, impedir que façam um ninho em seus cabelos.

Não se esquenta uma casa com a promessa de lenha.

Sorriso custa menos que eletricidade e dá mais luz.

Amanhã é sempre o dia mais ocupado da semana.

Somente depois da última árvore derrubada, depois do último animal extinto, e quando perceberem o último rio poluído, sem peixe, o homem irá ver que dinheiro não se come. (Provérbio Indígena)

Quando o dinheiro fala, ninguém nota os erros de português.

Quando o dinheiro fala a verdade cala.

As mais altas torres começam do chão.

Papagaio velho não aprende palavra nova.

Dou um boi para não entrar em uma briga, mas dou uma boiada para não sair.

A árvore quando está sendo cortada, observa com tristeza que o cabo do machado é de madeira.

Quem refresca cu de pato é lagoa!

Não importa o tamanho do pinto, o importante é o ciscado que ele faz!

Um dia pedra, outro vidraça!

Depois da tempestade vem a calmaria.

Por maior que seja a montanha ela nunca tapa o sol.

Para que os galhos das árvores cheguem ao topo dos céus, primeiro suas raizes devem chegar ao inferno.

Se os teus projetos forem para um ano, semeia o grão; se forem para dez anos, plante uma árvore; se forem para cem, instrui o povo.

Restaurante que vende farofa, não tem ventilador de teto.

O dinheiro compra cama, mas não compra o sono.

Tudo depende da flexibilidade do rabo da lagartixa.

Se uma pessoa te enganar ela merece uma surra, se esta mesma pessoa voltar a te enganar quem merece a surra é você.

Na natureza não há castigo nem prêmios, só consequências.

E melhor escapar fedendo do que morrer cheiroso.

Não quero saber a cor da vaca, eu quero é beber o leite!

O sonho de um careta é a realidade de um maluco.

Em tempo de vaca magra, osso é filé!

Um dia é da caça, o outro é do Ibama!

Depois que nasce a barba e o pentelho, não adianta mais dar conselho.

Diga-me com quem andas, que te direi se também vou.

Ditados Populares
Ditados Populares


O homem é senhor do seu silêncio e escravo da sua palavra.

Diga-me com quem tu andas e eu direi quem és.

Quando dois elefantes brigam, quem sofre é a grama.





Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...