Montesquieu


Quanto menos os homens pensam, mais eles falam.

Frases, Pensamentos, Montesquieu
Montesquieu

Se quiséssemos ser apenas felizes, isso não seria difícil. Mas como queremos ficar mais felizes do que os outros, é difícil, porque achamos os outros mais felizes do que realmente são.

A injustiça que se faz a um, é uma ameaça que se faz a todos.

Liberdade é o direito de fazer tudo o que a lei permite.

Só se conhece o que se pratica.


Um homem não é infeliz porque tem ambições, mas porque elas o devoram.

Verdade num tempo, erro num outro.

Os leões têm uma grande força, mas esta ser-lhes-ia inútil se a natureza lhes não tivesse dado olhos.

Os homens sentem uma grande atracção pela esperança e pelo receio, e uma religião sem inferno nem paraíso não poderia agradar-lhes de modo algum.

As viagens dão uma grande abertura à mente: saímos do círculo de preconceitos do próprio país e não nos sentimos dispostos a assumir aqueles dos estrangeiros.

Não gosto de Deus, porque não o conheço, nem do próximo, porque o conheço.

O que não for bom para a colmeia também não é bom para a abelha.

É uma infelicidade que existam tão poucos intervalos entre o tempo em que somos demasiado novos e o tempo em que somos demasiado velhos.

A devoção encontra, para praticar uma má ação, razões que um simples homem jamais encontraria.

Devemos chorar as pessoas à nascença, e não aquando da sua morte.

É uma experiência eterna de que todos os homens com poder são tentados a abusar.

O receio aumenta-nos os desgostos, tal como os desejos os prazeres.

A liberdade, esse bem que nos permite desfrutar dos outros bens.

Normalmente, são tão poucas as diferenças de homem para homem que não há motivo nenhum para sermos vaidosos.

Não ser amada é uma desventura; mas deixar de sê-lo é uma afronta.

As conquistas são fáceis de fazer, porque as fazemos com todas as nossas forças; são difíceis de conservar, porque as defendemos só com uma parte das nossas forças.

Para obter êxito no mundo temos de parecer loucos mas sermos espertos

A vantagem do amor sobre a libertinagem é a multiplicação dos prazeres.

A amizade é um contrato segundo o qual nos comprometemos a prestar pequenos favores para que no-los retribuam com grandes.

Até a virtude precisa de limites.

O estudo foi para mim o remédio soberano contra os desgostos da vida, não havendo nenhum desgosto de que uma hora de leitura me não tenha consolado.

As leis inúteis debilitam as necessárias.

Se a mulher nos ama, até as nossas insuficiências nos desculpa, mas se não nos ama, não desculpa nem as nossas prioridades.

Uma máxima admirável: nunca mais falar das coisas depois de elas já estarem feitas.

Nas mulheres jovens, a beleza supre o espírito. Nas velhas, o espírito supre a beleza.

A adversidade é nossa mãe; a prosperidade é apenas uma madrasta.

A ignorância é a mãe das tradições.

Correndo em busca do prazer, tropeça-se com a dor.

A corrupção dos governantes quase sempre começa com a corrupção dos seus princípios.

A maioria dos homens é mais capaz de grandes ações do que de boas.

Quando vou a um país, não examino se há boas leis, mas se as que lá existem são executadas, pois boas leis há por toda a parte.

É uma infelicidade ser tão breve o intervalo que medeia entre o tempo em que se é jovem demais e o tempo em que se é velho demais.
frases, pensamentos, Montesquieu
Montesquieu


A sisudez é a armadura dos parvos.

Um império fundado pelas armas tem de se manter pelas armas.

Qualquer homem é capaz de fazer bem a outro homem; mas contribuirmos para a felicidade de uma sociedade inteira é parecermo-nos com os deuses.


Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...