Provérbios Árabes

proverbio, arabes
Provérbios Árabes
Alimenta teu cão e ele guardará tua casa; faze jejuar teu gato e ele te comerá os ratos. 
Muro baixo, o povo pula.

Teu moinho gira para a direita ou para a esquerda? Sei lá, o importante é que ele me dá farinha!

Deus, que é eterno, faz com que cada um tenha o seu dia.

Corvo, roubar sabão? Para quê? Roubar é da minha natureza. 

A repetição deixa sua marca até nas pedras.

Antes de examinar a casa (para comprar), examina os vizinhos.

Não gaste duas palavras se uma única basta.

Não pressiones demais o covarde que ele vira valente.

Só sacia sua sede quem bebe pela própria mão.

Plantamos o se, nasceu o eu gostaria...

Um rosto sorridente é melhor até do que a hospitalidade.

Não comas o pão servido por alguém que depois irá te lembrar da oferta.

A árvore quando está sendo cortada observa com tristeza que o cabo do machado é de madeira.

Nunca se justifique, porque os amigos não precisam, os inimigos não acreditam.

Com a mentira se consegue o almoço, mas não o jantar.

A palavra é o aroma do homem.

É como a peregrinação a Meca: quem diz que é fácil, blasfema; quem diz que é trabalhosa, blasfema.

De que filho a senhora gosta mais? Do pequeno, até que cresça; do ausente, até que volte; do doente, até que sare.

arabe, proverbio
Provérbios Árabes

O mar brigou com o vento e quem virou... foi a barquinha.

Ele procura mel no traseiro da vespa.

Tema quem não teme a Deus.

Louco é o viajante que quer construir uma casa no caminho.

Janta-o antes que ele te almoce.



Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...