Provérbios Brasileiros



Provérbios Brasileiros
Provérbios Brasileiros 
Má companhia torna o bom mau e o mau pior. 

A assombração sabe pra quem aparece.

Seja dono da sua boca, para não ser escravo de suas palavras!

Quando a carroça anda é que as melancias se ajeitam.


Quando a cabeça não pensa o corpo padece.

Um chato nunca perde o seu tempo, perde sempre o dos outros.

O dinheiro compra pão, mas não compra gratidão.

Casa onde falta pão, todos brigam e ninguém tem razão.

Cada qual estende a perna até onde tem coberta.

Pai fazendeiro, filho doutor, neto pescador.

Na boca de quem não presta, quem é bom não tem valia.

O grande trunfo da vitória é saber esperar por ela.

Cabeça vazia é oficina do diabo.

De tostão por tostão se chega-se ao milhão.

O invejoso emagrece só de ver a gordura alheia.

Por falta de um grito vai-se embora uma boiada.

Gosto não se discute, se lamenta.

Atrás de um grande homem, há sempre uma grande mulher.

Mais anda quem tem bom vento, que quem muito rema.

Na vida é assim: uns armam o circo, outros batem palma.

Quem conta com a panela alheia, arrisca-se a ficar sem ceia.

A vingança é doce, mas os frutos são amargos.

Julga-se pelas ações e não pela conta no banco.
Provérbios Brasileiros
Provérbios Brasileiros 


O ciúme infinito, às vezes acorda a curiosidade que está dormindo.

De nada adianta o vento estar a favor se não se sabe pra onde virar o leme.

Um homem prudente vale mais que dois valentes.








Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...